Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 13, 2016

Shaolin é internado com quadro grave de infecção generalizada em UTI de clínica em CG

Comediante demonstrou quadro febril e foi sedado ao dar entrada na unidade de saúde; segundo a clínica, ele já apresenta
ShaolinO humorista paraibano Francisco Josenilton Veloso, o Shaolin, que sofre das sequelas resultantes de um acidente automobilístico ocorrido no dia 18 de janeiro de 2011, em Campina Grande, foi internado com quadro grave de infecção generalizada na Unidade de Terapia Intensiva em uma clínica particular da cidade nesta quarta-feira (13).O comediante demonstrou quadro febril e foi sedado ao dar entrada na unidade de saúde. Segundo a clínica, ele já apresenta paralisia de algumas funções orgânicas. A instituição não divulgou detalhes sobre a extensão precisa do quadro. Da Redação
Via: Portal Correio

Vazamento em conexão deixa Mari, Sapé e mais 2 municípios sem água

O rompimento em uma das conexões de ferro na estação elevatória na cidade de Sapé, deixou quatro municípios sem água desde a noite desta terça-feira, dia 12. De acordo com comunicado da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba – Cagepa – o serviço é de difícil execução não há previsão para que o abastecimento volte à normalidade.

Leia comunicado
A Cagepa – Gerência Regional do Brejo – comunica aos usuários das cidades de Mari, Mulungu, Gurinhém e Cajá/Caldas Brandão que a falta de água registrada desde a noite desta terça-feira (12), foi em decorrência de vazamento em conexão de ferro na Estação Elevatória em Sapé, que abastece as localidades mencionadas.
As equipes de manutenção estão trabalhando para solucionar o problema, mas ainda não há previsão para retomada do abastecimento devido à gravidade do problema, sendo necessário concretagem e posterior soldagem para conserto da peça.
A Cagepa agradece a compreensão dos usuários.
Outras informações podem ser obtidas através do telefone 115.
Gu…

Paraibano cria novo WhatsApp que já tem 100 mil usuários no mundo; conheça o Zap

| 13/01/2016 |Felipe Jonas, de 23 anos e morador do município de Cachoeira dos Índios, no Sertão paraibano, a 507 km de João Pessoa. Esse é o paraibano que desenvolveu o Zap, um aplicativo tido como um ‘novo WhatsApp’, mas que, segundo ele, oferece mais segurança, tem mensagens que se destroem de acordo com a opção do usuário e traz bloqueio para evitar prints sem autorização do emissor. O aplicativo é gratuito, foi baixado por cerca de 100 mil pessoas e está disponível para Android na Play Store.
O paraibano não tem formação em cursos de computação ou de tecnologias e possui uma empresa de provedor de internet na cidade. Segundo Felipe, a ideia da construção do aplicativo surgiu pela curiosidade de criar novas ferramentas e para facilitar a comunicação entre amigos, mas cresceu a ponto de contar com usuários em todo o mundo.
“Nunca estudei curso de computação ou tecnologias. Aprendi tudo com bastante curiosidade, pesquisa e na raça. Busquei algo que fosse interessante e consegui criá-l…