Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 1, 2017

Réu é condenado após ser achado em rede social pela mãe de jovem morto

Foi condenado por homicídio privilegiado, na madrugada deste sábado (1º), o homem acusado de matar um jovem em um bar de João Pessoa, em 2013. Dois anos depois, ele foi preso depois que a mãe da vítima o encontrou através de pesquisa em uma rede social. Outros dois acusados de envolvimento na morte do jovem Egon Davilly, em 2013, foram absolvidos no júri popular realizado.A vítima foi morta a tiros em um bar, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A polícia chegou até os suspeitos depois que a mãe da vítima encontrou o principal suspeito, Iargo Remon Câmara de Sousa, pelas redes sociais, morando em Curitiba.“Ele [Iargo] estava tranquilo, trabalhando, vivendo, postando foto no Instagram como se nada tivesse acontecido. Ele matou um ser humano. Mas verdade mesmo, a condenada aqui sou eu. Porque meu filho não está mais comigo”, declarou a mãe de Egon, Maria José Bezerra.O júri entendeu que os outros dois que foram a julgamento não tiveram participação na morte - eles eram acusados de a…