Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 13, 2017

Caldas Brandão/PB: Prefeitura e Câmara Municipal poderão ter suas contas reprovadas por erros em balancetes

Vinte e quatro prefeitos e seis presidentes de Câmaras Municipais podem ter suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) por terem cometido erros nos balancetes enviados à Corte. De acordo com os conselheiros relatores responsáveis pela verificação das planilhas enviadas pelas gestões, há inconsistências nos documentos, principalmente no que se refere aos gastos públicos com saúde e educação.Entre os prefeitos colocados em alerta pelo Tribunal estão a de Monteiro, Anna Lorena; o de Bayeux, Berg Lima; e o de Sousa, Fábio Tyrone.Por conta dessas inconsistências, o TCE emitiu um alerta aos prefeitos e presidentes do Poder Legislativo incluídos nesta lista de incompatibilidades financeiras para que eles corrijam os erros detectados pelas equipes técnicas do órgão e evitem ter suas contas reprovadas, quando do julgamento delas.Confira a lista completa das cidades onde prefeitos e presidentes de Câmaras estão em alerta por inconsistência nas apresentações das contas emi…

Com 9% de aprovação, Temer reclama que não pode mais sair às ruas

Em entrevista à Folha de S. Paulo, peemedebista se queixou de não conseguir frequentar lugares públicosEm entrevista à Folha de S. Paulo, Michel Temer fez um balanço ao completar um ano de governo e reclamou de não poder mais sair às ruas. Pesquisas apontam que o peemedebista apresenta hoje apenas 9% de popularidade entre os brasileiros.“No gabinete presidencial desde 12 de maio de 2016, passou a reclamar de isolamento, disse acreditar que seria mais fácil governar e fez uma analogia ao uso de tornozeleiras eletrônicas para falar da falta de liberdade para ir a lugares públicos”, afirmou o jornal.O texto ressaltou ainda que a economia do país continua sem sinais de melhora e que Temer enfrenta dificuldades ao perder sete ministros e seu melhor amigo, José Yunes, que teve de deixar o cargo de assessor especial da Presidência após ser citado na Operação Lava-Jato.Revista Fórum

Moro pode decretar prisão preventiva de Dilma Rousseff e Zé Eduardo Cardoso

Há na delação de Mônica Moura, esposa do marqueteiro João Santana, um trecho que pode vir a ser utilizado pelo juiz Sérgio Moro para decretar a prisão preventiva da ex-presidente Dilma Rousseff e do ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, na opinião de um importante advogado criminalista ouvido ontem pelo blogue.Ele entende que o mesmo argumento que levou à prisão Delcídio do Amaral pode ser utilizado contra ambos. Eles seriam acusados de ter tentado atrapalhar as investigações da Lava Jato por terem revelado ao casal de marqueteiros informações de que estariam na mira da Operação. E no caso de Dilma, por ela tê-los orientado a destruir provas.O ministro Edson Fachin encaminhou ontem o envio de trechos das delações de João Santana e Mônica Moura ao juiz federal Sérgio Moro.O mesmo advogado considera que seria muito grave essa decisão de Moro, já que as provas apresentadas pelos marqueteiros para embasar a denúncia são extremamente frágeis. Mas na sua opinião o juiz curitibano po…

Após longo período, repórter Carlos Alcides deixa Rádio Rural de Guarabira/PB

Após cinco meses o Repórter e radialista Carlos Alcides da cidade de Mari/PB, encerrou suas atividades na Rádio Rural de Guarabira onde exerceu a função de repórter com participações ao vivo nos programas jornalísticos da emissora e também compondo a bancada com a brilhante radialista Greice Targino na apresentação do Jornal 850 edição da tarde.Muito emocionado no momento da sua despedida, Carlos Alcides destacou "Foi uma honra ter feito parte dessa empresa, dessa família, dirigida por João Rafael, um empresário sério, humilde, competente, e  que me proporcionou diversas oportunidades de crescimento  profissional,  ao lado de colegas, profissionais brilhantes, que me acolheram com muito carinho. Deixo claro que foi uma decisão difícil, porém para que não ficasse muito cansativo, optei por permanecer em Guarabira alguns dias da semana, e com a minha ausência não consegui suprir a minha família com a atenção necessária, e problemas de saúde de meus filhos e minha esposa contribuíra…