Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 21, 2017

Secretário assume protagonismo na gestão de Antônio Gomes em Marí/PB

Revista Páginas - A dobradinha formada entre o prefeito de Marí/PB Antônio Gomes e o seu secretário de Ação Social, Severino Ramo, começa a surpreender até o mais pessimista mariense. Mesmo não estando à frente oficialmente da secretaria de agricultura do município, Severino Ramo protagonizou hoje (21) na feira livre a realização de uma feira Agroecológica. Os agricultores que trabalham com produtos agroecológicos, ganharam um espaço específico para comercializar sua produção no município. No meio de semana o secretário intermediou uma conversa entre o Movimento dos Trabalhadores Sem Terras (MST) e Sem Tetos com o prefeito Antônio Gomes, naturalmente pacificando o diálogo.  Em entrevista nesta manhã(21) ao programa radiofônico Notícias e Debate da emissora comunitária Araçá FM, Ramo, disse ter autonomia na sua secretaria e que ao lado do prefeito irá realizar um trabalho social eficiente, esta resposta foi uma alusão à indagação do âncora do programa, Paulo Sérgio, que perguntou se o …

No Pará governador irá gastar R$ 12 Mil só em refrigerantes

O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), deu de ombros para a repercussão negativa causada há cerca de 1 mês, quando o Diário Oficial do Estado (DOE) revelou que um dos órgãos chave do Governo, a Casa Civil, iria torrar quase R$ 12 mil apenas com refrigerantes. Na edição de ontem do DOE, o chefe da Casa Civil, José Megale, informou a homologação do pregão eletrônico, anunciando a Brasil Alimentos Comércio e Serviços LTDA como a empresa vencedora do certame. Megale, ex-deputado estadual pelo mesmo partido de Jatene, autorizou a nota de empenho no valor de R$ 11.646,72, verba que sairá dos cofres públicos, sem que o contribuinte tenha autorizado a gastança com produtos supérfluos. Enquanto isso, vários municípios do interior do Estado estão arrasados financeiramente e com muitos moradores sobrevivendo em situação de miséria extrema. Os quase R$ 12 mil que Jatene vai gastar com a compra de latinhas de refrigerantes daria, tranquilamente, para comprar e distribuir quase 30 cestas básica…

Delação da Odebrecht tem 1.048 páginas e descreve 256 ilegalidades

A delação da Odebrecht tem um índice de 11 páginas que se refere a mais de 1.048 delas, nas quais são descritas 256 condutas ilícitas da empresa.As informações constam em documento do Ministério Público Federal tornado público na Justiça do Paraná nesta sexta-feira (20).“Não há qualquer dúvida sobre a extensão e a relevância da colaboração a que se dispõe a empresa, restando, assim, preenchido um dos principais requisitos – se não o principal – para a homologação de um acordo de leniência”, afirma o MPF.Ao detalhar as 1.048 páginas de delação e as mais de 256 condutas ilícitas, o Ministério Público informava à Justiça que a 5ª Câmara de Coordenação e Revisão homologou o acordo de leniência da Odebrecht, trazendo efeitos para as ações cíveis.Em relação às ações penais, o acordo de leniência ainda depende, contudo, da homologação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância.G1