Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 20, 2017

Edson Fachin do STF retira de Moro três processos envolvendo Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, retira do juiz Sérgio Moro três processos envolvendo o ex-presidente Lula. Eles são decorrentes das delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht.O ministro aceitou um recurso da defesa de Lula.Uma das investigações trata de acusações de tráfico de influência do ex-presidente em troca de vantagens indevidas da construtora, que teriam gerado prejuízo ao BNDES.Outra diz respeito à suposta atuação de Lula e também da ex-presidente Dilma Rousseff, que teriam liberado recursos do banco para a construção de usinas hidrelétricas em Rondônia.Os dois casos serão repassados à Justiça Federal do Distrito Federal, já que, segundo Fachin, os crimes teriam se passado em Brasília.Um terceiro caso trata do suposto pagamento de uma mesada pela Odebrecht ao irmão do ex-presidente Lula, o líder sindical Frei Chico.O processo segue agora para a Justiça Federal de São Paulo.BandNews

Mariense, ataca governo Temer e defende proezas tocadas por Ricardo Coutinho na Paraíba

Revista Páginas - O Ex-secretário Executivo de Comunicação da Paraíba, o Mariense  Célio Alves, mesmo não exercendo nenhum cargo no governo de Ricardo Coutinho, voltou a roubar à cena em defesa do governador da Paraíba.Através de texto, Célio, exaltou o trabalho do governador Ricardo Coutinho. Para o ex-secretário o governo vêm desde 2011 promovendo equilíbrios fiscais e financeiros na Paraíba. Célio, também criticou o presidente Michel Temer (PMDB) por injetar mais R$ 2 bilhões no estado do Rio de Janeiro, esquecendo o estado da Paraíba. Célio pediu dedicação das representações da Paraíba em Brasília que denuncie a perseguição do governo Temer ao estado da Paraíba. A lógica de Temer: punir os bons exemplos e premiar os maus! Adiantou Célio Alves. Confira a íntegra do texto:Desde 2011 que o governador Ricardo promove os equilíbrios fiscal e financeiro da Paraíba, enfrentando desgastes e incompreensões até de aliados.Por isso que a pequenina e ainda pobre Paraíba tem atravessado de cab…

STF julga prisão de Aécio; apoio no Senado é incerto

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal julga nesta terça-feira, 20, os recursos contra a decisão do ministro Edson Fachin de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo e o pedido de prisão do tucano feito pela Procuradoria-Geral da República. A defesa de Aécio solicitou que o Supremo devolva a ele as funções parlamentares.Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, afastou Aécio em maio, durante operação que teve como base a delação do Grupo J&F.; O ministro negou o pedido de prisão, mas uma nova solicitação foi feita pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.Na sessão, os ministros da Primeira Turma - Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux - também julgarão os pedidos das defesas da irmã de Aécio, Andrea Neves, do primo do tucano Frederico Pacheco e do ex-assessor parlamentar Mendherson Souza Lima, que foram presos preventivamente por decisão de Fachin. As defesas pedem a revogação das ordens de prisão.Na sema…