Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 30, 2017

Normal? Afastados politicamente, Ricardo e Cássio aparecem juntos em visita de Ministro

Afastados politicamente desde as eleições de 2014, o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) estiveram juntos, na tarde desta segunda-feira (30), na visita feita pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, às obras dos açudes de Poções e Camalaú, que integram o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco.Os deputados federais Efraim Filho (DEM), Veneziano Vital do Rêgo e Hugo Motta (PMDB) também participaram da visita às obras no Cariri paraibano. O ministro Helder Barbalho anunciou que voltará ao Estado no dia 6 de março para a solenidade alusiva à chegada das águas na cidade Monteiro.Em entrevista, Ricardo Coutinho afirmou que o Governo do Estado está fazendo sua parte em relação às obras ligadas a transposição, como a limpeza do leito do Rio Paraíba e a construção de adutoras. “A parte do Governo do Estado está em dia e estamos sempre dialogando com o Ministério da Integração para ajudar nesta importante obra para que a água cheg…

Municípios da Paraíba recebem R$ 240 milhões de FPM no mês de janeiro

As prefeituras da Paraíba recebem nesta segunda-feira (30) a terceira cota de janeiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), com um repasse total de R$ 105,2 milhões em valores brutos, sem contar a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização Profissionais da Educação (Fundeb). Somando com a primeira cota, de R$ 93 milhões, e a segunda, de R$ 41 milhões, os municípios paraibanos fecham o mês de janeiro com cerca de R$ 240 milhões de FPM.A Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta um aumento de 8,16% no FPM do terceiro decêndio de janeiro, no comparativo com mesmo período do ano anterior. Os cálculos não consideram os efeitos da inflação que, se inclusa, reduz o percentual de crescimento para 3,05%.
O mês de janeiro fecha com um balanço nacional de R$ 7,6 bilhões repassados aos municípios brasileiros. Em 2015, a soma dos repasses no mesmo período chegou a R$ 7,2 bilhões. Como nota a entidade, o aumento de valores é um sinal positi…

Em PE, Temer diz que só conhece seca pelos livros e elogia sigilo em delações

De passagem por Pernambuco, Michel Temer afirmou que a presidente do Supremo tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, acertou ao homologar as delações premiadas de 77 executivos e ex-executivos da empreiteira Odebrecht e em manter o sigilo sobre o conteúdo dos depoimentos."A ministra já tinha pré-anunciado que muito possivelmente hoje ou amanhã faria a homologação. Fez o que deveria fazer e, nesse sentido, fez corretamente", disse Temer elogiando de forma velada a manutenção do sigilo das delações. Temer esteve em Pernambuco para inaugurar a terceira estação (EBV-3) de bombeamento do Eixo Leste do Projeto de Integração do São Francisco.Apesar do elogio à decisão da ministra, o peemedebista não fez qualquer menção sobre a indicação do ministro que irá ocupar a vaga de Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato na Corte, que faleceu em um acidente aéreo no ultimo dia 19.Durante o evento em solo pernambucano, Temer voltou a afirmar que "embora paulista, espera ser…

Há 14 anos, Lula anunciou o Fome Zero, o programa que deu origem ao Bolsa Família

No dia 30 de janeiro de 2003, o presidente Lula anunciou o Fome Zero, o programa que deu origem ao Bolsa Família e dezenas de outras políticas de distribuição de renda. Começava naquele dia o período que mudou o Brasil e deu dignidade e esperança a milhões brasileiros que antes eram esquecidos.

Empresário Eike Batista é preso ao desembarcar de avião no Aeroporto Galeão

O empresário Eike Batista foi preso por agentes da Polícia Federal logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, por volta das 10h. O avião que trouxe o empresário Eike Batista de volta ao Brasil pousou no Galeão às 9h54 da manhã desta segunda (30). Ele teve a prisão preventiva decretada depois que dois doleiros
O empresário, considerado foragido após ter viajado a Nova York dias antes da operação policial para tentar prendê-lo, embarcou de volta ao Rio neste domingo (29). Antes do embarque, ele disse que 'está à disposição da Justiça'.
Ele chegou sozinho ao aeroporto JFK, nos EUA, por volta de 21h50 (horário de Brasília) do último domingo (30), fez check-in e, minutos depois, passou pelo controle de passaporte. Às 22h15, já aguardava o voo dentro da sala de embarque e pouco depois da meia-noite foi rumo a aeronave.G1

Cármen Lúcia homologa as delações de 77 executivos da Odebrecht

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, homologou as 77 delações de executivos e ex-executivos da construtora Odebrecht. Agora, o material será encaminhado para a Procuradoria-Geral da Républica, que vai analisar os documentos para decidir sobre quais pontos irá pedir investigação.Na sexta-feira (27), juízes auxiliares do gabinete do ministro Teori Zavascki concluíram as audiências com os 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht que fecharam acordo no âmbito da Operação Lava Jato. A homologação dá validade jurídica às delações.Teori era relator da operação no tribunal. Com a morte do ministro, em um acidente de avião no último dia 19, a presidente do STF autorizou que os juízes auxiliares concluíssem os trabalhos.
Nas audiências com os executivos e ex-executivos da Odebrecht, os juízes perguntaram aos delatores se as informações foram prestadas nos depoimentos de livre e espontânea vontade, sem coação por parte dos investigadores.G1

Retorno de Eike ao Brasil foi negociado com a PF

O empresário Eike Batista embarcou na noite de domingo no voo 973 da American Airlines para se entregar à Polícia Federal (PF) na manhã desta segnda-feira no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio. Na sala de embarque do aeroporto JFK, em Nova York, Eike disse ao GLOBO, que retorna ao Brasil para colaborar com a Justiça.Investigadores à frente do caso no Rio confirmaram, ontem, que esperavam que o empresário se apresentasse nesta segunda-feira às autoridades. Eike teve seu pedido de prisão preventiva expedido na quinta-feira em decorrência das apurações da Operação Eficiência, desdobramento da Lava-Jato. Ele é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, por, segundo o Ministério Público Federal (MPF), ter pago US$ 16,5 milhões em propinas no exterior ao ex-governador Sérgio Cabral.Considerado foragido após não ter sido encontrado em sua casa na última quinta-feira, Eike assumiu, junto a autoridades brasileiras, o compromisso de voltar ao Rio. A PF decidira que, se o empresário não …