Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 8, 2016

Dilma é eleita uma das mulheres do ano pela revista 'Financial Times'

A revista britânica "Financial Times" elegeu a ex-presidente Dilma Rousseff como uma das mulheres do ano de 2016. Além da brasileira, também integram a lista outras 18 mulheres, como Hillary Clinton, a primeira-ministra britânica Theresa May, a ginasta Simone Biles, e a presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye. De acordo com a publicação: "Essa edição especial da revista celebra as conquistas das mulheres (e narra suas falhas)".Em entrevista à publicação, Dilma afirmou que os problemas econômicos do país durante a sua gestão na Presidência foram causados pela crise internacional e que a "oligarquia" ficou contrariada com sua política de redistribuição de renda."Acho que a oligarquia brasileira tradicional ficou desconcertada com essa pequena redistribuição de renda", afirmou a ex-presidente à revista.Ela também fez duras críticas ao governo do seu substituto, Michel Temer, especialmente a PEC 55, que estabelece um teto de gastos para o orçamen…

Programa de incentivo a professores do Governo da PB é destaque internacional

A BBC, um dos mais renomados meios de comunicação do mundo, destaca na sua edição online nesta quinta-feira (8) que professores paraibanos que participam do programa Giramundo, desenvolvido pelo Governo da Paraíba, estão levando para sala de aula os conhecimentos adquiridos durante capacitação feita na Finlândia.Esse treinamento na área de educação visa promover um intercâmbio internacional para alunos e professores paraibanos em escolas secundaristas de Língua Inglesa, no sentido de oportunizar o desenvolvimento linguístico e a interação com novas culturas e métodos de ensino, que, ao regressarem, tornar-se-ão multiplicadores do programa em suas regiões.Confira abaixo a matéria na íntegra.Professores contam como estão aplicando no Brasil o que aprenderam na FinlândiaTodos saíram do Brasil com destino à Finlândia. Alguns, inclusive, decolaram no sol da Paraíba e desembarcaram em meio a muita neve em Helsinque. Mas nenhum dos professores brasileiros que foram fazer um treinamento em Ed…

Prefeitos discutem teto de gastos em resort de luxo na Bahia

Na cálida noite da terra da felicidade na Bahia, entre as areias brancas da Praia de Guarajuba e a paradisíaca estrutura do resort cinco estrelas all inclusive Vila Galé Mares, um grupo animado e barulhento entrou pela madrugada de terça-feira ao som de um forró arretado, com o cantor conclamando a todos que dançassem a noite inteira, até o sol raiar. Não se tratava de turistas gringos abastados ou hóspedes com cacife para bancar diárias médias de R$ 1 mil. Mas cerca de 300 prefeitos baianos dos 417 do estado - e familiares acompanhantes que desfrutam três dias no paraíso com patrocínio de verbas federais — enquanto, segundo as próprias associações de prefeitos, as prefeituras país afora estão quebradas.O objetivo do congresso era discutir gestão pública. Entre as mesas, por exemplo, está uma para debater os reflexos da PEC 55, a do teto dos gastos, nas políticas públicas de Saúde e Educação.Segundo o site da União dos Prefeitos da Bahia (UPB), que organiza o evento há cinco anos semp…

Conduta de Moro fortalece queixa de Lula à ONU

A conduta do juiz Sergio Moro fez a ONU adiar para o final de janeiro o prazo que o organismo havia dado ao governo Temer para explicar o processo do Estado brasileiro contra o ex-presidente Lula.Explico: o que ocorre é que, conforme a Lava Jato, nas pessoas do procurador Deltan Dallagnol e do juiz Sergio Moro, vai dando seus shows antipetistas, a defesa do ex-presidente vai informando à ONU esses passos de modo a corroborar a afirmação de que a Operação e seus condutores agem com motivações político-partidárias.Há cerca de dois meses, o Comitê de Direitos Humanos da ONU recebeu novos documentos enviados pelos advogados de Lula. Em carta, os advogados citam apresentação em powerpoint dos procuradores da Lava Jato que, apesar de reconhecerem que não têm provas, acusam o ex-presidente de ser “chefe de uma organização criminosa”.Segundo o jornal O Estado de São Paulo, “ao manter o processo vivo em Genebra, os peritos da ONU (…) apontaram que (…) a pressão sobre a Justiça brasileira conti…