Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 30, 2017

Prefeito Antônio Gomes, fecha cinturão e já consegue ter quase 100% da mídia ao seu favor em Mari/PB

Revista Páginas - Atual prefeito de Mari, na Paraíba, fecha cinturão e já consegue ter quase 100% da mídia ao seu favor. Sites, blogs, e até o principal veículo de comunicação do município, a Rádio Comunitária Araçá FM, monopolizam as informações do cotidiano da cidade. Quase todos os sites, blogs, veículos impressos, com atuação na cidade, antes críticos a sua gestão municipal, aderiram de maneira eloquente ao sistema de mídia montado. O noticiário local, recheado de publicidades institucionais, se tornaram frequentes, ocupando espaços nos veículos badalados, se estendendo até os não tão badalados, seguindo para os iniciantes no meio. A Rádio Comunitária Araçá FM, tem sido o principal alvo de críticas de alguns setores da sociedade. Para os críticos da emissora, à Rádio Araçá, exerce um trabalho de defesa incansável da imagem e das ações do prefeito Antônio Gomes (PSD). Os programas jornalístico, estão na mira da população. As participações populares na emissora comunitária são contr…

Greve Geral: Paralisações, protestos e bloqueios em diversas cidades do país

Centrais sindicais convocaram para está sexta-feira (30) uma nova greve geral em protesto contra as reformas da Previdência e trabalhista do governo Michel Temer (PMDB). O movimento, convocado pelas centrais sindicais e também pelas as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, promete ser menor que o último ato realizado no dia 28 de abril. No entanto, em diversas cidades do país, o dia promete ser de paralisação e protestos.
Além das reformas, os manifestantes também protestam pelo “Fora Temer” e pelas “Diretas Já”. Na última quarta-feira (28), a reforma trabalhista avançou no Senado, com aprovação do parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.Em São Paulo, os rodoviários voltaram atrás e decidiram não aderir à paralisação. O metrô deve funcionar parcialmente. Uma liminar do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) determinou que 80% dos metroviários trabalhem em horário de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h). Nos demais períodos, o efetivo deverá s…