Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 23, 2017

Rodrigo Maia recebeu envelope com fezes em seu gabinete

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) recebeu um envelope com fezes em seu gabinete. O pacote foi despachado em uma agência dos Correios de Brasília e já está sendo investigado pela Polícia Legislativa.Os policiais estão vendo se é possível identificar o remetente através de imagens de câmeras de segurança. No envelope, o remetente era falso.Caso identifique algum suspeito, a Polícia pode lavrar um termo circunstanciado para enquadrar o caso como contravenção, dado o baixo grau de poder ofensivo, que deverá ser encaminhado à Justiça. O órgão classificou o caso com "brincadeira de mau gosto".Segundo agência O Globo, foi Rodrigo que contou a amigos sobre o envelope e pediu para que o caso fosse investigado. O pacote teria sido aberto por uma funcionária do gabinete. De acordo com relatos, outros parlamentares também teriam recebido a encomenda nos seus gabinetes.A assessoria de imprensa do deputado não quis comentar o caso. Via O Globo

Fala, bandido, tá solto de novo? Diz ator Zé de Abreu com deputado cassado

O ator Zé de Abreu respondeu a tuíte do ex-deputado federal cassado e atual presidente do PTB, que tentou pegar carona em pesquisa para criticar  ex-presidente Lula. Veja a imagem abaixo. O deputado cassado no mensalão Roberto Jefferson continua com sua obsessão pelo ex-presidente Lula. Nesta sexta-feira publicou tuíte com críticas a Lula, no que foi prontamente “trollado” pelo ator Zé de Abreu e chamado de bandido. A pergunta sobre estar solto refere-se à pena de mais de 7 anos a que foi condenado, e que cumpriu cerca de um ano em regime fechado. Jefferson é o atual presidente do PTB e costuma ser recebido pelo presidente Temer no Palácio do Planalto. E pretende se candidatar a deputados federal nas próximas eleições.Revista Fórum

Corregedoria do Ministério Público apura venda de palestras de Dallagnol

Corregedoria Nacional do Ministério Público abriu procedimento para apurar a venda de palestras pelo procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba (PR).O corregedor nacional Cláudio Henrique Portela do Rego vai analisar a representação feita pelos deputados federais do PT Paulo Pimenta (RS) e Wadih Damous (RJ) no começo desta semana e pode dar dez dias para manifestação de Dallagnol.Se considerar que há irregularidades na conduta do procurador, Portela pode abrir uma sindicância ou um processo administrativo disciplinar, e levar o caso a julgamento. Do contrário, o corregedor pode arquivar a representação.Não há prazo para que isso aconteça. De acordo com o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), o corregedor participa de diligências no Estado de Goiás e só deve retornar a Brasília na próxima semana.Loja Amazon">PublicidadeLoja AmazonA polêmica entorno desse assunto foi revelada pela Folha, que mostrou que uma empresa de…

FOTOS: Cartunista Márcio Baraldi homenagea Lula com charge

Revista Páginas -   O cartunista Márcio Baraldi homenageou o ex-presidente Lula com suas charge. Ontem (2) Baraldi fez questão de entregar a homenagem pessoalmente ao ex-presidente.O cartunista posou para fotos ao lado de Lula, apresentando as charges. Numa das caricaturas Lula veste uma camisa do Corinthians, clube de seu coração. 
Fotos: Claudio Kbene

Temer comete gafes na Noruega e confunde país com ‘Suécia’

O presidente Michel Temer cometeu gafes nesta sexta-feira (23) durante um encontro oficial com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, em Oslo. O brasileiro ficou em saia justa quando a premier teceu duras críticas à corrupção. Em seguida, confundiu-se todo, dizendo que visitaria o “Parlamento brasileiro” e se reuniria com o “rei da Suécia”. “Estamos preocupados com a Lava Jato e é preciso fazer uma limpeza e encontrar uma solução”, afirmou Erna Solberg, ao lado de Temer. Segundo ela, o Brasil vive uma época de “desafios” e “turbulência”. Atualmente, a Noruega também investiga empresas que teriam pagado propina a ex-diretores da Petrobras ou executivos que manteriam contas no exterior.   Temer, desconcertado com as críticas da premier, confundiu-se todo ao tomar a palavra para seu discurso. Em vez de anunciar sua visita ao Parlamento norueguês e seu encontro com o rei do país, o peemedebista disse que iria ao “Parlamento brasileiro” e falaria com o “rei da Suécia”.   Mesmo com a…

Nas redes sociais, Revista Páginas mostra uma evolução impressionante nos seus números

Entenda os motivos desta evolução:O Revista Páginas segue as normas e técnicas do jornalismo profissional. O Revista Páginas faz curadoria dos fatos apurado, investiga o que for necessário, hierarquiza as notícias, dá acesso a documentos na íntegra e publica o que é essencial para o interesse público e vital para o aperfeiçoamento das instituições, da democracia e da liberdade de expressão.
O jornalismo do Revista Páginas busca sempre a neutralidade na apuração dos fatos. A meta diária é perscrutar o que se passa no "poder" no sentido amplo. O escopo da cobertura jornalística do Revista Páginas inclui as principais esferas da República, a iniciativa privada, agremiações partidária, lobby, ativistas político, agências reguladoras e as personagens e instituições cujas atividades estiverem imbricadas como interesse público. Os valores inarredáveis do RevistaPáginas incluem; 1) buscar a precisão e imparcialidade na descrição dos fatos; 2) não se intimidar diante dos interesses es…

Dilma: "Lula jamais interferiu em meu governo"

A ex-presidenta Dilma Rousseff negou ontem (22) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha cometido tráfico de influência, durante o governo dela, nos episódios da compra dos caças suecos Gripen e na aprovação de medida provisória para beneficiar o setor automobilístico. Dilma foi arrolada como testemunha de defesa de Lula e prestou depoimento na tarde de quinta-feira (22), por vídeo-conferência, à Justiça Federal em Brasília, em processo originado a partir de investigações da Operação Zelotes.“O presidente Lula jamais interferiu em nenhuma atividade do meu governo. Ele tinha o maior respeito por mim. E, mesmo quando eu era da Casa Civil [ministra entre junho de 2005 e março de 2010], ele jamais se intrometeu em assuntos que eram da minha alçada”, disse Dilma.O ex-presidente e o filho dele, Luis Cláudio Lula da Silva, são investigados nessa ação e já foram denunciados pelo Ministério Público por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. De acordo com…