Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 23, 2016

Dilma Rousseff no 4º Congresso Nacional de Trabalhadoras e Trabalhadores da Agricultura Familiar, agora, em Brasília

"Em pouco mais de uma semana o governo já fez muitas coisas de forma incorreta. Um governo sem representação dos pobres, sem escutar agricultores familiares, sem mulheres, sem negros, que delega ao pó as lutas pela igualdade racial, a luta das mulheres, a luta dos direitos humanos, a luta da reforma agrária. Agora, mais do que nunca, está claro o caráter golpista desse processo de impeachment. A gravação de hoje, que mostra o ministro - não sei se ele está ou não está como ministro - mas mostra o ministro de planejamento interino defendendo o meu afastamento, defendendo um pacto nacional com o objetivo de interromper as investigações da Lava Jato, um pacto com caráter golpista e conspiratório que é este impeachment.Se alguém ainda não tinha certeza que há um golpe em curso, baseado no desvio de poder, na fraude, as falas incriminadoras do Jucá e quem está por traz dele eliminam qualquer dúvida.
Repito: a gravação escancara o desvio de poder, a fraude e a conspiração do processo d…

Temer é recebido com gritos de "golpista"; Renan antecipa sessão do Congresso

Ao chegar ao Senado para se reunir com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o presidente interino Michel Temer foi recebido nesta segunda-feira (23) com gritos de "golpista, golpista, golpista" por parlamentares do PT.
Os deputados Moema Gramacho (PT-BA) e Paulo Pimenta (PT-RS) participaram do protesto, acompanhados de assessores.Temer chegou acompanhado do secretário de Governo, Geddel Vieira Lima, ao gabinete de Renan. O ministro do Planejamento, Romero Jucá, chegou em seguida. Também está presente o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.Temer se reuniu por cerca de meia hora com Renan Calheiros para entregar a proposta de alteração na meta fiscal. O governo interino quer autorização do Congresso para fechar o ano com um rombo nas contas públicas ainda maior que o previsto pela presidente afastada Dilma Rousseff.O governo interino foi ao Senado entregar a proposta de redução da meta fiscal (economia para pagar juros da dívida) deste ano, em meio à reper…

Após vazamento de gravações sobre Lava Jato, Jucá se licencia do governo

O ministro do Planejamento, Romero Jucá, anunciou nesta segunda-feira (23) que está se licenciando do governo do presidente interino Michel Temer.O anúncio ocorre no mesmo dia em que a Folha divulgou gravações em que Jucá fala em pacto para deter avanço da Lava Jato.Gravados de forma oculta, os diálogos entre ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e Jucá ocorreram semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff. As conversas somam 1h15min e estão em poder da PGR (Procuradoria-Geral da República).Da Redação
Via: Folha de S.Paulo

Conversas gravadas de Romero Jucá poderão provocar sua saída do governo Temer

Ricardo NoblatEm reportagem de Rubens Valente publicada, hoje, pela Folha de São Paulo, o ministro do Planejamento Romero Jucá (PMDB-RR) aparece em diálogos gravados antes da aprovação do impeachment da presidente Dilma pela Câmara dos Deputados. Ele defende um pacto político para deter o avanço da Operação Lava-Jato.Jucá conversa com Sério Machado, ex-presidente da Transpetro, empresa subsidiária da Petrobras e alvo da Lava-Jato. A certa altura de um dos diálogos, Machado comenta:- O Janot [Rodrigo, Procurador Geral da República] está a fim de pegar vocês. E acha que eu sou o caminho. [...] Ele acha que eu sou o caixa de vocês.Machado sugere que o envio do seu caso para o juiz Sérgio Moro seria uma maneira de força-lo a delatar e a incriminar líderes do PMDB. “Aí fodeu. Aí fodeu para todo mundo”, argumenta Machado.Jucá concorda que o caso de Machado não deve passar à órbita de Moro. E argumenta:- Eu acho que a gente precisa articular uma ação política. [...] Se é político, como é a p…