Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 31, 2016

Alerta: Quadra de esportes inacabada está prestes a desabar em Caldas Brandão/PB

Uma Quadra de Esportes na cidade de Caldas Brandão, agreste da Paraíba, que deveria estar servindo para a prática de atividades esportivas por parte da juventude daquele município encontra-se em situação de estremo abandono por parte dos órgãos públicos responsáveis pela obra.Com as armações e pilastras sendo comidas pela ferrugem, a cobertura da quadra está prestes a desabar, ocasionando prejuízo ao contribuinte que paga a conta pela obra e ao mesmo tempo aos vizinhos do local que podem ser surpreendidos com a cobertura sobre suas casas ocasionando até uma tragédia.
Um vídeo postado nas redes sociais e que já ganharam mais de 1 mil visualizações mostra o cenário de abandono, pois além da precária estrutura que ainda está erguida, o mato toma conta de boa parte do local.Sem identificação de quem é a responsabilidade da obra, quando começou e o prazo para conclusão, a população reclama da situação em que ela se encontra e pede providências urgente a quem de direito.O autor do vídeo,  Jo…

Dois senadores já admitem rever voto pelo impeachment

Em meio à crise política que atinge o governo interino de Michel Temer, que, em 19 dias desde a posse, já teve que afastar dois ministros flagrados em grampos telefônicos tentando barrar a operação Lava-Jato, os senadores Romário (PSB-RJ) e Acir Gurgacz (PDT-RO), que votaram pela abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, admitem agora a possibilidade de rever seus votos no julgamento final, que deve ocorrer até setembro. A virada desses dois votos, caso se concretize e os demais votos se mantivessem, seria suficiente para evitar a cassação definitiva da petista. O Senado abriu o processo de impeachment com o apoio de 55 senadores e, para confirmar essa decisão no julgamento de mérito, são necessários 54 votos.Romário não descarta que os novos acontecimentos políticos provocados pelos grampos do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, mudem seu voto. O senador do PSB votou pelo afastamento de Dilma, mas diz que “novos fatos” podem influenciar seu voto no ju…