Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 25, 2016

Cidade de Mari, tem semana quente nos bastidores da Política

A semana agitada na política em Mari, (60km da capita João Pessoa), esquenta o clima de disputas antecipadas na cidade. Na mesma semana, fatos, críticas e  mudanças de "lado" surpreendeu até o mais pessimista dos marienses.A administração do atual prefeito, Marcos Martins, sofre um verdadeiro bombardeio de críticas por parte dos três parlamentares oposicionista ao seu governo - oposição esta que recebeu nesta semana o reforço do vereador Gugu Xavier, formando assim um quarteto no grupo oposicionista, que segundo rumores pode se tornar quinteto em breve! O fato é que o clima de disputas antecipadas, está perdendo, digamos, o rumo e o controle no município, e estar  refletindo em outros setores. Que o diga a radialista Mayara Paiva, que se diz  ameaçada pelo grupo do atual prefeito, devido ao seus posicionamentos no programa que apresenta aos sábados na Araça FM.Voltando ao legislativo, um confronto isolado tem chamado à atenção nas sessões, entre os parlamentares Magdiel Olin…

Eleições 2016: Enquetes permitidas somente até 5 de julho de 2016.

O § 5o do art. 33 da Lei nº 9.504/97 reza que “É vedada, no período de campanha eleitoral, a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral”.A procuradora regional eleitoral, Gisele Bleggi, explica que a realização de propaganda eleitoral antes do dia seis de julho é irregular, configurando-se propaganda antecipada, devendo ser reprimida. “A exposição de pré-candidatos nos meios de comunicação antes desta data, pedindo votos, lançando informalmente sua pré-candidatura, ou enaltecendo suas qualidades relativas ao cargo que almeja ocupar, devem ser comunicadas à PRE para fins de controle e punição destas práticas”, disse.Pesquisas e enquetes ou sondagens Quanto à realização e divulgação de sondagens ou enquetes, elas somente são permitidas até o dia 5 de julho. Após este período, existe proibição para a divulgação dos dados colhidos, a exceção de pesquisas, que poderão ser realizadas durante a campanha eleitoral desde que registradas previamente junto a Justiça Eleitoral.A p…

ESCORPIÕES FAZEM SETE VÍTIMAS POR DIA NA PARAÍBA

Epidemia nas cidades está relacionada à falta de saneamento e infra-estrutrua e ao  desequilíbrio ambiental. Informação e cuidados podem evitar acidentes.O Centro de Assistência Toxicológica da Paraíba (Ceatox) registrou 1.914 atendimentos em 2015, em João Pessoa, e 92,7% foram de pessoas picadas por escorpiões. Em Campina Grande, foram 1.009 casos, sendo 736 vítimas de escorpiões. Mas, esse número pode ser maior, pois os dados ainda não foram fechados e muita gente também não procura assistência especializada.No interior, as serpentes ficaram em segundo lugar no ranking dos animais que mais causam acidentes: 160 ocorrências. Em seguida, vem os himenópteros (abelha, vespa e maribondos), responsáveis por 89 casos. As aranhas tiveram 24 casos.“A epidemia de escorpiões tem relação direta com a alteração da vegetação em todos os centros urbanos do Brasil e ao aquecimento do clima, se comparado há dois anos. Isso facilita a reprodução. Ele se adapta ao ambiente urbano, se reproduz em luga…