Pular para o conteúdo principal

Dentes de leite: É preciso limpar? Leia o artigo de Diogo Paiva


Muita gente tem a impressão que não é preciso higienizar os dentinhos dos bebês e das crianças pequenas. Muito disso se deve ao mito que esses dentes são muito fortes pelo fato de geralmente serem mais branquinhos que os dentes permanentes. Bom, como disse anteriormente, isso é um mito. Devemos ter cuidado com a limpeza da boca antes mesmo dos dentes nascerem e após o surgimento deles o cuidado deve ser aumentado, pois a falta dos cuidados necessários pode fazer com que apareçam as lesões de cárie, o que pode prejudicar esses dentes e podem inclusive gerar danos aos dentes permanentes que virão após a queda dos dentes de leite.
Muitas mães acham mais fácil limpar os dentes do bebê com um paninho enrolado no dedo¹ (lembrando que devem estar limpos), porém podem utilizar escovas de dedo (conhecidas como dedeiras) feitas em silicone ou até mesmo escovas convencionais, desde que de tamanho compatível e com cerdas bem macias e cabeça emborrachada para evitar machucar a boca do bebê.²
                                  
Escova de dedo em silicone                            Escova convencional pequena
Por volta dos dois anos, a criança apresenta 20 dentes (podem ter mais ou menos, mas, em uma criança saudável e sem nenhuma patologia, esse é o número correto). Nessa fase é muito importante melhorar a limpeza e fazer uso de cremes dentais com flúor (uma porção do tamanho de um grão de arroz cru) para evitar o aparecimento da cárie². Devemos escovar os dentes quantas vezes forem necessárias, porém nessa fase por conta da alimentação, duas ou três vezes já é o suficiente, dando um maior cuidado na última escovação do dia, antes de ir dormir.
Após os dois anos a alimentação da criança muda bastante e ela passa a usar doces com maior frequência. Essa fase é crítica justamente por isso, pois o açúcar é o “combustível” para a formação da cárie, portanto devem-se escovar os dentes após as refeições e antes de dormir, e caso necessário, após o consumo de alimentos que contenham alto teor de açúcar e/ou que sejam muito pegajosos.
  Lesão de cárie (o dente começa a ser destruído)
Mesmo que a criança diga que já sabe escovar e que não quer ajuda, é muito importante a complementação da escovação por parte de um adulto³, pois as crianças ainda não tem uma coordenação motora eficientemente boa para correta limpeza dos seus dentes e geralmente não costumam limpar os dentes posteriores (aqueles que ficam lá atrás e são os que mais facilmente são atingidos pela cárie por conta de sua anatomia).
Bom, agora que você já sabe da importância de uma boa escovação, precisa ficar atento aos cuidados necessários para que seu filho tenha uma boca saudável e um sorriso lindo. Mas se tiver dúvidas de como realizar uma escovação corretamente fique atento ao nosso próximo artigo. E não esqueça: leve seu filho regularmente a um dentista, mesmo que aparentemente não se possa observar nenhuma alteração, pois esse profissional também é responsável pela prevenção na saúde bucal.

Da Redação 
Via: Diogo Paiva / Graduando do 8° Período do Curso de Odontologia da UFPB

As Mais Visitadas

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Mari/PB: Anos dourado do futebol amador

Os anos 90 foram de glória para o futebol amador da bela cidade de Mari na Paraíba.
O estádio Pedro Thomé de Arruda foi palco de grandes jogos do concorrido campeonato Mariense. Grandes equipes à exemplo;  Botafogo de Tita, ABC da rua 15, 5 da manhã do amigo - amiguinho, Estrela Vermelha, Vasco, Palmeiras do Guarda e muitos outros...
Aos finais de semana, o campeonato Mariense era atração certa. A rivalidade entre as equipes despertavam o interesse do público que lotavam o estádio do Cruzeiro localizado no bairro Vermelho.
Um campeonato bem organizado, e com personagens inusitados; kinket massagista, o trio do Botafogo-Tita, Nô e Alexandre garapão, os irmãos do ABC, Ramo Mago do Abacaxi, Guarda do Palmeiras e etc...
Atrás do alambrado os torcedores, motivados pelos belos jogos, participavam de forma eufórica nas partidas. No estádio era fácil de encontrar lanches deliciosos; laranja, amendoim, pastel e o popular "dindin".
No estádio as discussões sadias entres os torced…