Pular para o conteúdo principal

Ao lado de Lula, Dilma participa de ato contra Temer nesta sexta em SP

A presidente afastada Dilma Rousseff vai participar nesta sexta-feira (10), em São Paulo, de um ato contra o governo interino de Michel Temer. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também estará no evento intitulado "Fora, Temer".

Organizado pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo, o protesto vai reunir representantes de movimentos sindicais e sociais, além de militantes do PT e de outros partidos que acusam Temer de "atacar direitos" e defendem a tese de "golpe" contra Dilma.

A presidente afastada cumpre nesta quinta (9) agenda em Campinas, interior paulista, onde visitou um projeto de ciência na Unicamp e participou de um almoço com intelectuais, cientistas e jornalistas na casa do físico Rogério Cézar de Cerqueira Leite.

Dilma vai passar a noite em um hotel em São Paulo e, na sexta, deve seguir para o ato que será realizado na avenida Paulista. A assessoria da petista, porém, ainda não confirma oficialmente sua presença no evento.

Nesta quinta, ela desistiu de viajar de avião comercial, como era previsto, e alugou um jato particular de oito lugares para se deslocar até Campinas e São Paulo. Os gastos da viagem foram pagos pelo PT.

Segundo assessores de Dilma, a opção pelo jatinho se deu por "motivos de segurança".

ALMOÇO

Grupos favoráveis e contrários a presidente afastada, Dilma Rousseff, protestaram em frente ao condomínio onde fica a casa do físico Rogério Cezar de Cerqueira Leite, professor emérito da Unicamp, onde Dilma almoçou e ficou por quase duas horas.

Participaram do "almoço de solidariedade" à presidente os jornalistas Juca Kfouri, colunista da Folha, e José Trajano, o escritor Fernando Morais, o ator e diretor José Celso Martinez Corrêa, o presidente da Fundação Perseu Abramo, Marcio Pochmann, os ex-ministros Carlos Gabas e Aloizio Mercadante e o diplomata Paulo Sérgio Pinheiro. Dilma chegou por volta das 13h10.

O ato contrário à petista foi organizado pelo MBL (Movimento Brasil Livre). Os manifestantes usavam camisetas do Brasil e carregavam cartazes "Impeachment Já!", "Buzine pela Lava Jato" e "Vaza querida". Um carro de som acompanhava o grupo, que de acordo com a Polícia Militar, reunia 50 pessoas.

O grupo favorável a Dilma, que também contava com 50 pessoas, era formado majoritariamente por mulheres de movimentos como Marcha das Mulheres e Advogados Independentes. Elas gritavam "Dilma guerreira da pátria brasileira" e "Fica, Dilma" e carregavam cartazes com dizeres "Dilmaravilha" e bandeiras do PT.

Houve um princípio de confusão quando a jornalista Martha Raquel Rodrigues, 22, dos Jornalistas Livres, que usava uma camiseta vermelha, foi agredida por cinco mulheres do MBL com um cabo de vassoura.

A Polícia Militar interveio e os grupos se separaram. O MBL deixou o local depois de cerca de uma hora. Muitos deles eram moradores do condomínio Alto das Palmeiras, onde mora Cerqueira Leite.

Outro princípio de confusão aconteceu quando uma moradora, usando uma camisa do Brasil, saiu do condomínio sambando, em um gesto de provocação ao grupo petista. A polícia novamente interferiu e a moradora deixou o local.

Da Redação
Via: Folha de S.Paulo

As Mais Visitadas

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Adolescente de 14 anos é morta por ex-namorado após ‘ficar’ com outro rapaz em festa na PB

Uma adolescente de 14 anos foi assassinada com dois tiros na madrugada deste domingo (6) em São Sebastião de Lagoa de Roça (Agreste do estado, a 107 km de João Pessoa). O principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima.De acordo com o delegado Ramirez São Pedro, do Núcleo de Homicídios de Queimadas, o crime aconteceu horas após o suspeito ter visto a garota com outro rapaz em uma festa em um sítio da região. Ela havia terminado o namoro com ele há quatro meses e, desde então, recebia muitas ameaças.“Eles namoraram por dois meses e há quatro estavam separados, mas o suspeito não aceitava a situação e ameaçava muito a menina. Na noite de ontem [5], ele viu ela ‘ficando’ com outro rapaz em uma festa e novamente a ameaçou, dizendo que daquela noite ela não passava. A vítima relatou a ameaça a policiais militares que estavam na festa, mas o suspeito já tinha ido embora”, disse o delegado.Depois da festa, a garota foi dormir na casa de uma amiga. Por volta das 4h, o suspeito chegou lá…