Pular para o conteúdo principal

Prédio da Presidência da República continua ocupado na Av. Paulista; governo Temer sem força!

Os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) continuam ocupando o prédio do Banco do Brasil, onde fica o gabinete da Presidência da República, na Avenida Paulista, região Central de São Paulo. Os manifestantes estão no saguão do prédio desde a tarde da quarta (1º) em protesto contra o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), e contra a suspensão de investimentos no programa Minha Casa, Minha Vida.
Alguns integrantes do movimento também ficaram na calçada durante a madrugada, acomodados em lonas e barracas. Com a chuva que atingiu São Paulo durante a noite, os manifestantes voltaram para o saguão, como mostrou o Bom Dia São Paulo.

No início da manifestação, houve tumulto quando um homem foi detido pela polícia. A confusão começou por volta de 16h30 na esquina da Avenida Paulista com a Rua Haddock Lobo, quando a polícia foi prender um manifestante. O homem, que faz parte do MTST, foi abordado após soltar rojões.
Outros manifestantes foram atrás para tentar evitar a detenção. A polícia usou bombas de gás e spray de pimenta para dispersar a multidão. Uma guarita móvel da PM foi derrubada, e a estação Consolação do Metrô foi pichada.
"Os manifestantes não atenderam às ordens policiais e reagiram. Foram detidas seis pessoas por dano, desacato e periclitação da vida", disse a Secretaria da Segurança Pública (SSP) em nota. Depois, durante ato contra estupros, outras duas pessoas foram detidas por desacato. Além dos detidos, a PM também apreendeu uma mochila com rojões.

Entre os detidos está a jovem Érika Fontana Sampaio, de 29 anos. Ela levou um mata-leão de um policial depois de chutar uma lixeira que estava no chão."Resistência com a polícia não teve. Não tem como resistir com dois caras te segurando o pescoço. Teve, sim, é indignação", disse ao sair do 78º Distrito Policial, nos Jardins.

Em nota, o MTST disse que a “Polícia Militar do estado de São Paulo reprime com violência ocupação realizada agora a pouco pela Frente Povo Sem Medo e o MTST no escritório regional da Presidência da República”.
Segundo Guilherme Boulos, coordenador do MTST, a ocupação não tem prazo para ser encerrada. Ele afirma esperar que a mobilização tenha o mesmo direito que tem sido dado aos manifestantes que ocupam a calçada em frente ao prédio da Fiesp, também na Paulista, há mais de 70 dias. "Seria uma hiprocrisia sem tamanho a policia querer nos tirar daqui. Ha três meses tem gente acampada na Fiesp, nas mesmas calçadas da Avenida Paulista, sendo tratadas com filé mignon e selfie", afirmou.
Depois do ato do MTST, um protesto que já havia sido convocado contra o estupro foi realizado na Avenida Paulista.

Sem interrupção

O Ministério das Cidades disse que não vai suspender programa Minha Casa, Minha Vida, que seguirá sem qualquer interrupção.
A Secretaria de Segurança Pública informou que as  as pessoas foram detidas durante o ato por dano e desacato. Pelo menos quatro já foram liberadas. Um policial ficou ferido durante o protesto.

Da Redação
Via: G1

As Mais Visitadas

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Vereadora eleita de cidade do Maranhão faz sexo dentro de Cartório Eleitoral com amante

Fernanda Hortegal, a vereadora recentemente eleita de Dom Pedro/MA que ficou conhecida em todo o Brasil por trair o marido médico Sansão Hortegal, transando com o seu amante na portada da casa do casal e motéis. Realizou uma fantasia ousada: fazer sexo dentro do Cartório Eleitoral, onde trabalha o pé-de-pano (seu amante).O vídeo viralizou na cidade em Dom Pedro e Região do MA.Dos 20 vídeos que o marido encontrou no celular da vereadora, a transa no Cartório Eleitoral é o que mais chama a atenção, no dia de expediente. É mole isso? Fernando Cardoso/Bastidores de Notícias