Pular para o conteúdo principal

Morre em hospital mulher baleada a mando de ex dentro de carro na PB

Morreu no domingo (12) no Hospital de Trauma de João Pessoa a mulher de 23 anos que tinha sido baleada quatro vezes em um carro que prestava o serviço de uber no bairro Valentina Figueiredo, na Zona Sul de João Pessoa no dia 27 de fevereiro. De acordo com informações repassadas pela assessoria do hospital, mesmo após 13 dias de internação e tratamento médico, a vítima não resistiu e morreu neste domingo.

A mulher foi baleada ao parar nas imediações da praça do bairro Valentina Figueiredo para pegar um encomenda com dois homens. A dupla que deveria entregar um pacote se aproximou da mulher e efetuou vários disparos. Pelo menos quatro atingiram a jovem. Ela chegou a ser socorrida por testemunhas para o hospital.

Um dia depois do crime, no dia 28 de fevereiro, a polícia prendeu um jovem de 18 anos suspeito de ter atirado na mulher. O suspeito foi preso na comunidade do Carandiru, no mesmo bairro onde aconteceu o crime. Com ele, a PM apreendeu várias pedras de crack e a roupa que ele estava no momento da ação criminosa. Segundo a polícia, ele revelou que atirou na jovem a mando do ex-namorado da vítima, que está preso em um dos presídios da capital.

Remlembre o caso
Segundo a polícia, a vítima estava em um carro que prestava serviço pelo aplicativo Uber quando foi atingida por quatro tiros. Ela foi socorrida para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Valentina e, posteriormente, foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Logo após parar na praça, a mulher indicou que pegaria a encomenda com dois homens que estavam em uma motocicleta, mas ao se aproximar do carro, a dupla na moto atirou várias vezes contra mulher. O motorista não ficou ferido no tiroteio, ainda segundo a polícia. À época do cime, o motorista do uber prestou depoimentos e teve o carro examinado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC).

G1

Comentários

As Mais Visitadas

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Mari - Imagem traduz a letra de Maria Anuciada Dias/União e Trabalho

Esta imagem que tem a igreja de fundo traduz a letra de Maria Anuciada Dias, da primeira parte do hino da cidade de Mari PB.
Hino:
                               IMinha terra hospitaleira tem um lindo céu de anil campos vastos e verdejantes
Sol e luar primaveris é Mari, cidade amada que guardo no coração és por Deus abençoada pedaço do meu Brasil
Oh!  Mari terra adorada
Eu te tenho grande amor
És cidade do trabalho
Terra do agricultor
O teu povo Bravo e forte tem por ti veneração segue o lema da tua bandeira
União e Trabalho Hino de Mari/PB
Letra e música: Maria Anuciada Dias
Criado em: 22/08/1989FOTO: via Facebook

Parte da História da Cidade de Mari Paraíba-PB

Em 1873, com a passagem da Estrada de Ferro - CWRB (hoje Rede Ferroviária do Nordeste) na região onde se situa o município, foi construída uma Estação Ferroviária, hoje (Rádio Araçá), iniciando-se o povoamento do lugar que recebeu o nome de Araçá, fruto existente em grande quantidade na região.Em 1900, construiu-se a Capela, hoje (Paróquia do Sagrado Coração de Jesus) que atraiu novos moradores. Foi aberta, então, a primeira rua, a rua do comércio, progredindo o povoado, que alcançou a categoria de Vila, em 1938.Em 1946, as famílias de Manoel de Paula Magalhães e de José Leão de Oliveira, procedentes de Alagoas, implantaram e desenvolveram a cultura do fumo, antes uma das maiores riquesas do município.Em 1953, a Capela foi elevado à Paróquia, tendo como primeiro vigário o padre João de Noronha.Sua formação administrativa: Distrito criado com a denominação de Araçá, por ato municipal anterior a 02-03-1938 e em virtude do Distrito no parágrafo único do artigo 10 da Lei Estadual N° 424, …