Pular para o conteúdo principal

Lula: “A cada acusação, fico com mais disposição de brigar”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) garantiu, em entrevista à rádio Metrópole, da Bahia, nesta quinta-feira (13), que está com ainda mais disposição para lutar contra as acusações infundadas contra ele.

Ao falar sobre o conteúdo das delações de executivos da Odebrecht divulgadas terça-feira (11), a partir de decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal e relator da Operação Lava Jato, Edson Fachin, Lula se disse “tranquilo” e informou que começou a preparação para o depoimento que prestará ao juiz Sérgio Moro, no dia 3 de maio.

O ex-presidente disse que está muito tranquilo devido à falta de provas em todas as acusações feitas contra ele. “Eles já estão com a tese pronta e querem apenas encontrar um conteúdo para colocar dentro. Estou muito tranquilo. Dia 3 vai ser uma grande oportunidade para eu ouvir as perguntas e questionamentos do qual sou vítima e para responder a verdade”, disse o ex-presidente.

Ele classificou como irreais e inverossímeis as acusações de Marcelo Odebrecht. “Por mais bobagem que seja, a pessoa tem que provar. Então estou muito tranquilo, porque continuo desafiando qualquer empresário brasileiro a dizer que um dia Lula pediu algum dinheiro. Hoje começo a me preparar para meu depoimento […] No dia que alguém provar algum erro meu, eu paro com a política”, respondeu ao repórter Mario Kertesz.

Lula disse que não tem medo de ser preso, já que para isso é preciso que existam provas, mas mostrou preocupação com algo maior: a continuidade do golpe. Para ele, a pretensão em torno da espetacularização da Operação Lava Jato e a perseguição sofrida por ele tem como pano de fundo uma elite que não quer a continuidade da distribuição de renda e dos programas sociais e busca desmantelar o que foi feito nos governos anteriores.

“Cada acusação dessa mexe com meu brio, minha honra e eu fico com mais disposição de brigar. Não nasci para parar no meio do caminho. Tenho consciência do que fiz nesse país, dos benefícios e fico triste de ver esse país afundando, o povo sofrendo sem emprego e ainda querem destruir a aposentadoria”, disse.

Fundo partidário e reforma politica
Para Lula, a sociedade está sendo induzida ao ódio, mas, apesar do caráter midiático e das ilegalidades promovidas pela Operação Lava Jato, ele comemorou o fortalecimento da Policia Federal, do Ministério Público Federal e a criação, promovida pelos governos do PT , de instrumentos que possibilitaram a prisão de corruptores no Brasil.

“Tudo isso significa que criamos instituições fortes. Tenho orgulho do que fizemos. Não poderiam fazer essas investigações se não fosse o governo do PT, desde a delação premiada até a autonomia do MP e a criação da Controladoria Geral. Jorge Hage e Valdir Pires foram quem criaram mecanismos de investigar a máquina do governo e fazer denúncias”, lembrou.

Por isso, segundo explicou Lula, ele defende também a contribuição pública para o fundo partidário. Para ele, esse seria mais um mecanismo para evitar a promiscuidade na relação entre a política e o empresariado. Ele defendeu uma reforma política profunda e que conte com a participação de toda sociedade.

“Quero ajudar construir um mundo democrático. Fora da política existe o fascismo, o nazismo. Tem que melhorar a classe política e agora, em 2018, isso pode mudar, pode eleger só gente boa, está na mão do povo”. Informações da  Rádio Metrópole da Bahia

As Mais Visitadas

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Mari/PB: Anos dourado do futebol amador

Os anos 90 foram de glória para o futebol amador da bela cidade de Mari na Paraíba.
O estádio Pedro Thomé de Arruda foi palco de grandes jogos do concorrido campeonato Mariense. Grandes equipes à exemplo;  Botafogo de Tita, ABC da rua 15, 5 da manhã do amigo - amiguinho, Estrela Vermelha, Vasco, Palmeiras do Guarda e muitos outros...
Aos finais de semana, o campeonato Mariense era atração certa. A rivalidade entre as equipes despertavam o interesse do público que lotavam o estádio do Cruzeiro localizado no bairro Vermelho.
Um campeonato bem organizado, e com personagens inusitados; kinket massagista, o trio do Botafogo-Tita, Nô e Alexandre garapão, os irmãos do ABC, Ramo Mago do Abacaxi, Guarda do Palmeiras e etc...
Atrás do alambrado os torcedores, motivados pelos belos jogos, participavam de forma eufórica nas partidas. No estádio era fácil de encontrar lanches deliciosos; laranja, amendoim, pastel e o popular "dindin".
No estádio as discussões sadias entres os torced…