Pular para o conteúdo principal

Porque muitas mulheres perdem o interesse sexual durante o casamento?


Vamos lá...

Sexo para nós homens é mais uma necessidade física do que para as mulheres. Sexo para mulher, não é só penetração! Tira, bota, tira, bota, tira, bota,....
É muito difícil uma mulher perder o apetite sexual, inclusive na terceira idade (claro, que nesse caso o apetite é menor). O que ocorre na realidade, é que como falei, sexo para uma mulher, não pode e nem deve ser uma coisa mecânica, onde o homem chega em casa, troca de roupa, janta, assiste um pouco de televisão, larga o prato em cima da mesa, escova os dentes, assiste mais um pouco de televisão e quando vão para cama, ele simplesmente começa a passar a mão nela e vamos que vamos. Com o tempo, é mais ou menos assim que acontece.

Infelizmente nós homens temos o pensamento idiota e errado de que "casei e agora não preciso mais conquistar a mulher!".

Realmente é errado e idiota pensar assim pois o casamento é uma conquista diária.

Acho engraçado que alguns homens perdem:

30 minutos lendo o jornal
2,3 horas lavando o carro
2 horas assistindo futebol
4,5 horas tomando chopinho com os amigos,
Incontáveis horas na internet e etc, etc, etc, etc,. e não fazem questão nenhuma de perder "alguns minutos", por exemplo passando em uma floricultura para comprar flores para a esposa (normalmente, somente no aniversário, mesmo assim quando compra!).
Vamos perder horas com os amigos no chopinho mas não com a esposa em um teatro, em um cinema em chopinho com ela mesmo. Vamos perder tempo somente com o futebol, mas namorar no tapete da sala nããããão! Digo namorar mesmo, com beijos e abraços, juras, elogios, músicas, flores, etc. Mas não.
"Pô, é a decisão do campeonato","Pô, vou perder o clássico?"

A mulher perde o interesse, porque o homem faz com que ela perca esse interesse. O homem acha que somente ele tem problemas. Somente ele tem o direito de se distrair pois ele trabalha fora.

A Mulher perde o interesse, porque com o tempo, o homem faz com que essa mulher sinta que ela deixou de ser um prêmio a ser conquistado e tornou-se uma pessoa qualquer.

Dê mais atenção ao que é seu vacilão
Dê flores, atenção, carinho, compreensão, amor, ajude-a em suas tarefas, dedique-se mais a ela.

Faça ela se sentir linda e desejada, importante e amada,
Faça com ela, coisas diferentes em lugares diferentes. Usa a criatividade porraaaaa. Saia dessa mesmice e mude. Tome uma atitude de Homem e não de muleque que acha que só porque esta casado pode fazer o que quiser, da forma que quiser e quando quiser
Exemplos a não ser, e ser seguidos:

Ela diz: "Amor, vamos sair para dançar?"
Ele diz: "Vamos sim claro!"
Ela troca de roupas, se perfuma, se enfeita e
Ele diz: "Pô, essa saia não está muito curta não? Precisava se produzir tanto? Só para chamar atenção!"
quando na realidade deve ser:
Ela diz: "Amor, vamos sair para dançar?"
Ele diz: "Vamos sim claro!"
Ela troca de roupas, se perfuma, se enfeita e
Ele diz: "Adoro quando você coloca essa saia,! Você fica sexy com ela! Adorei esse batom! Meus amigos vão morrer de inveja!"

Claro, que se fazes isso com a sua esposa e mesmo assim não existe mais interesse da parte dela, aí acho que o caso é mesmo sentimental. Ou quem sabe tu nunca vai saber, pois durante o auge da relação você não demonstrou interesse, muito menos alimentou esse sentimento e talvez agora seja tarde demais...
Ou não.
Cuide bem de sua namorada/esposa parceiro.

Laís Lima

As Mais Visitadas

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

Mari e Sapé na PB; universitários revelam situação do transporte municipal para as faculdades

Revista Páginas - Universitários da cidade de Mari e Sapé, ambos localizados na zona da mata da Paraíba, que necessitam utilizar os ônibus que as prefeituras dos municípios citados acima disponibilizam não estão nada satisfeitos. Por meio das redes sociais os estudantes denunciam a situação precária do serviço oferecido.Foto 1: Alunos da cidade de Mari.Segundo relatou a universitária Marcela Monteiro em seu perfil no Facebook, ela foi "obrigada" a fazer o trajeto de ida e volta para João Pessoa, dividindo a poltrona com outros dois colegas. Não há acentos disponível para a demanda. A universitária revelou que a secretária de educação foi procurada e não conseguiu uma solução para o problema. Foto 2: Alunos da cidade de Sapé.Na cidade de Sapé, cerca de 20 alunos são transportados em pé todas as noites, no ônibus que os levam para a IESP Faculdade. Conforme escreveu nas redes sociais Quelfn Antônio ao esplanar o problema. "Risco de quedas e de se machucarem, sem contar co…

Em legenda de transmissão ao vivo, Câmara Municipal de Sapé/PB comete erro de português e internautas não perdoam

Um erro de português na legenda de uma transmissão ao vivo da Câmara Municipal de Sapé deu o que falar nas redes sociais.Ao anunciar a realização da sessão itinerante que estava acontecendo no distrito de Inhauá, o responsável pela atualização das redes sociais cometeu uma gafe, trocando a palavra ‘itinerante’ que significa aquilo que se movimenta de um local para outro, exercendo algum tipo de função, trabalho, ofício, por ‘intolerante’, que corresponde a quem não aceita uma opinião contrária à sua.Rapidamente o erro foi percebido pelos internautas que nos comentários da publicação informavam sobre o equívoco.Em um aplicativo de mensagem foi grande a repercussão sobre a gafe da Câmara, em um dos áudios, um morador de Sapé chega a dizer que a palavra intolerante veio bem a calhar com a maneira de gerir do presidente da Casa, Johni Rocha (PSDB). Informações do Blog do Ninja