Pular para o conteúdo principal

PROCON de cidade da Paraíba distribui refrigerante vencido para instituição carente

O Procon Municipal de Campina Grande autorizou, nesta terça-feira (25), a doação de 521 unidades de refrigerante, recolhidos em fiscalizações por estarem fora do prazo de validade para o Instituto São Vicente de Paula, na mesma cidade. A doação foi autorizada por meio de um ofício assinado pelo coordenador do órgão, Rivaldo Rodrigues. Segundo ele, mesmo fora da validade, os produtos podem ser consumidos.

No próprio ofício destinado ao instituto, o coordenador reconhece que os produtos doados estão foram do prazo de validade. Entre os produtos doados estão 510 unidades de refrigerante de 250 ml, sendo 15 sabor cola, 480 de guaraná e 15 de laranja; além de 4 unidades de refrigerante de cola de 2 litros e 7 unidades de refrigerante sabor limão de 1 litro.

O coordenador do Procon disse que é comum que o órgão faça as doações de produtos que estão vencidos, desde que eles percebam que ele ainda está em condições de consumo. "Geralmente o produto é apreendido e passa 10 dias a disposição para que o dono do estabelecimento recorra. Mas, passados uns 20 dias a gente encaminha para doação. Os que ainda podem ser consumidos a gente manda para instituições carentes. Já aqueles perecíveis ou estragados são doados para o centro de zoonoses para serem triturados e alimentar animais", disse ele.

Sobre o processo de análise dos produtos vencidos, o coordenador do Procon disse que "basta abrir. Se estiver na forma gasosa ele ainda está bom para consumo, tendo em vista que não é perecível e que não causa mal a saúde. Se não tiver o gás, ele vai ter um gosto adocicado e estranho. Aí não pode ser doado. Não estando, não causa nenhum mal", disse ele.

De acordo com o Centro Toxicológico (Ceatox) do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, não é recomendado o consumo de nenhum produto que esteja fora do prazo de validade ou que não esteja nas condições de armazenamentos indicadas pelo fabricante. No caso do refrigerante, o risco depende do tempo fora do prazo e dos ingredientes usados. As informações são do jornalista Dercio Alcântara

Comentários

As Mais Visitadas

Ex-atriz da globo deixa vergonha de lado e fica completamente nua ao trocar biquíni em praia

Segundo fotógrafo que fez os cliques, Clariane Caxito estava posando para um catálogo de moda praia, por isso a desinibida troca de roupaClariane Caxito, atriz que participou do "Zorra Total" antes do programa ser reformulado, foi flagrada em poses bem indiscretas neste domingo, 22. Ela foi vista na praia do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, enquanto trocava de biquíni.Isso mesmo que você leu. Sem a menor cerimônia, a morena ficou com os seios à mostra no momento de mudar o sutiã e depois também trocou a calcinha, deixando absolutamente tudo de fora!Segundo o fotógrafo que fez os cliques, Clariane estava acompanhada por uma equipe de profissionais, enquanto posava para um catálogo de moda praia, por isso a troca de biquíni. Nas imagens, no entanto, nenhum sinal de outra pessoa, a não ser a "peladona da praia".Após a troca de biquíni, a morena foi se refrescar no mar e, antes de entrar na água, deu uma empinada estratégica no bumbum. EGO

Banco do Brasil Quebrado, leia a opinião de Severino Ramos

BANCO DO BRASIL QUEBRADOA título de informação - BB esse é o banco que foi quebrado nos governos Lula e Dilma: O BB tinha, no final de 2015, 63 milhões de clientes, 20% de participação no mercado, 61% de todas as operações de crédito para o agronegócio no Brasil, 21% das operações de crédito do sistema financeiro nacional e R$ 1,4 trilhão de ativos totais. É disparado o maior banco do Brasil. Vamos a História! Em 1995 (governo FHC), o BB tinha 120 mil funcionários, foram demitidos 41 mil. FHC deixou 79 mil. E o PREJUÍZO acumulado do BB foi de 5,4 BILHÕES de Reais. De 2003 a 2015, o BB contratou 31 mil funcionários. E o prejuízo nesse mesmo período foi??? Vou detalhar: com um acréscimo de 31 mil funcionários a mais, o nosso BB quase quebrou! Teve um LUCRO acumulado de 117 BILHÕES de Reais. Desse jeito não tem banco público que aguente! Vale ressaltar que os bancos BB, BNB e CEF são AGÊNCIAS de fomento das políticas públicas. Por tanto, colaboram decisivamente com o desenvolvimento do n…