Pular para o conteúdo principal

Jair Bolsonaro é declarado "persona non grata" em sua cidade natal

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ): apesar da carreira feita no Rio, ele é natural de Campinas
Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ): apesar da carreira feita no Rio, ele é natural de Campinas

A Câmara Municipal de Campinas, no interior de São Paulo, aprovou moção que torna "persona non grata" o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), nascido na cidade – apesar de ter feito carreira política no Rio. A medida, anunciada na segunda-feira (16), é retaliação a uma entrevista do parlamentar ao jornal local "Correio Popular" na qual ele chamou os vereadores do município de "otários" e "desocupados".

"Diante de tamanha ofensa aos trabalhos desta Nobre Casa Legislativa, discordamos da clara tentativa de desquailificar o Poder Legislativo municipal e entendemos que o parlamentar passa a ser persona non grata em Campinas", informa o documento aprovado, que será encaminhado ao deputado.

Em 17 de abril, na votação que aprovou a admissibilidade do pedido de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, Bolsonaro utilizou o momento de seu voto para fazer uma homenagem ao torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra. No dia 25, a Câmara de Campinas aprovou documento repudiando a declaração, o que motivou o ataque do parlamentar do PSC.

"Essa Câmara Municipal de vocês aí é fraca. Estou me lixando para esses vereadores que votaram isso. Eles não têm o que fazer, são uns desocupados… Esses vereadores são uns otários", disse ao jornal. "O coronel Ustra foi um herói nacional, ele lutou pela nossa democracia, pela nossa liberdade."

Ustra comandou o DOI-Codi, centro de torturas do antigo II Exército em São Paulo nos anos de chumbo, entre 1971 e 1974. Em 2012, a Justiça paulista declarou oficialmente o coronel como torturador, o primeiro do País. Ele morreu em 2015, aos 83 anos.

A moção de protesto que tornou Jair Bolsonaro "persona non grata", apresentada pelo vereador Pedro Tourinho (PT), foi uma resposta ao posicionamento do deputado sobre os políticos locais. Um dia após a entrevista do parlamentar, na sessão de 2 de maio, o vereador Cid Ferreira (SD) criticou as declarações do deputado contra a Casa. "Além de deixar de ser homem, ele (Bolsonaro) deixou de ter caráter", declarou na tribuna.

Procurado pela reportagem, Bolsonaro não se manifestou até a publicação desta notícia.

Da Redação
Via: Estadão Conteudo

As Mais Visitadas

Prefeitos baianos do PMDB, DEM e outras siglas fazem fila de quase uma hora para tirar selfies com Lula

Ontem (19) pela manhã, o petista participou de um evento com mais de 60 prefeitos de cidades do interior baiano. Na plateia havia políticos de partidos como PMDB e DEM, que apoiaram o Senado investigasse a ex-presidente Dilma Rousseff e integram a base do governo Michel Temer. Quem via de longe pensava que as filas próximas ao palco para tirar uma selfie com Lula era da comunidade local, mas eram compostas na realidade por gestores das mais variadas correntes.Apesar das críticas de Lula ao atual presidente Michel Temer, os prefeitos formaram uma fila de quase uma hora para tirar fotos com o petista. Um prefeito do PMDB que pediu para não ter o nome divulgado explicou tanta admiração. Segundo ele, Lula é muito admirado no Nordeste e pode ser um grande cabo eleitoral para 2018.Lula usou um palavrão para criticar a situação econômica do País. "Este País é grande demais. Este País não nasceu para ser a m. que é", disse o ex-presidente que logo em seguida tentou se desculpar. &qu…

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

(Ou, sobre empatia, compaixão, solidariedade). (Fabrício Carpinejar)Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico. Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa. Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus …

FOTOS: Almoço pronto no acampamento do MST em Jandaira/BA a espera de Lula

Tudo pronto para o almoço deste domingo (20) com o ex-presidente Lula, no Acampamento Valdir Macedo do MST em Jandaira (BA). Fotos: Mídia Ninja